A ordenação das mulheres
na Igreja Católica



email us
Home Page!

Os argumentos extraídos das Escrituras

Os argumentos extraídos das Escrituras

Estamos a traduzir progressivamente as diferentes páginas.

Neste documento utilizo o termo Roma para indicar tanto a Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé, como o Santo Padre o Papa.

RomaArgumentos de Roma extraídos das Escrituras Liberdade de interrogarArgumentos opostos extraídos das Escrituras
.   Apreciação geral
1. Jesus não escolheu nenhuma mulher para integrar o grupo dos 12 apóstolos. A sua abertura em relação às mulheres mostra que ele não foi vítima das ideias sociais da sua época.
Textos de Roma!

2. Assim estabeleceu uma regra permanente.
Textos de Roma!

3. Nem Maria foi investida no ministério apostólico.
Textos de Roma!
  1. O facto de Jesus não ter escolhido mulheres como apóstolos explica-se pelo domínio social exercido nesse tempo pelos homens.

2. Não se pode extrair uma regra permanente do que Jesus não fez.
3. E, contudo, ele fez partilhar as mulheres do sacerdócio comum dos fiéis através do baptismo, o qual predispõe as mulheres a partilhar o seu ministério sacerdotal. Maria é disso o exemplo por excelência.
4. 4. Roma admite que 1 Cor 11, 2-16 já não tem valor normativo, mas esquece a influência negativa que uma exegese incorrecta teve sobre os Padres da Igreja e os teólogos.
Textos de Roma!
5. Paulo estabelece uma distinção entre o ministério das colaboradoras e o dos colaboradores.
Textos de Roma!
6. Paulo proíbe às mulheres pregar e presidir à assembleia. Estabelece assim uma regra permanente.
Textos de Roma!
  4. Paulo estabeleceu interditos às mulheres inspirados nos costumes locais, tais como a obrigação de usar véu (1 Cor 11, 2-16). No passado, os raciocínios de Paulo neste domínio induziram em erro muitos Padres da Igreja e teólogos.

5. Paulo proclamou a igualdade fundamental dos homens e das mulheres em Cristo: Gálatas 3, 27-28. . Isto predispõe as mulheres, tanto como os homens, a partilhar o ministério sacerdotal de Cristo.

6. Alguns discípulos de Paulo proibiram as mulheres de tomar a palavra na assembleia: Timóteo 2, 1-12 e 1 Coríntios 14, 34-35 . Isto não estabelece uma regra permanente.
Roma aceita que a exegese destes textos do Antigo Testamento não é correcta, mas não vê que essa exegese incorrecta corrompeu o pensamento dos Padres da Igreja e dos teólogos medievais sobre a ordenação das mulheres.   Ao longo dos séculos foram utilizadas certas passagens do Antigo Testamento para declarar que as mulheres não podiam ser ordenadas.
7. Considera-se que Deus criou a mulher inferior ao homem: Génesis 2, 18-23.
8. Considera-se que Deus submeteu a mulher ao homem como castigo do pecado original: Génesis 3, 16.
9. Considera-se que o homem é superior à mulher tanto pela sua inteligência como pelo seu carácter: Ben Sira (Eclesiástico) 25, 13-24.
    Conclusão:as Sagradas Escrituras não podem ser validamente utilizadas no que respeita à ordenação das mulheres.

Webmaster Magistério Tradição Home Teologia Escreva!

Escreva! Carregue aqui, se deseja apoiar a nossa campanha a favor da ordenação das mulheres.

Traduzido por Idalina Vieira