A ordenação das mulheres
na Igreja Católica



email us
Home Page!

Os argumentos extraídos da Tradição

Os argumentos extraídos da Tradição

Estamos a traduzir progressivamente as diferentes páginas.

Musica?

Neste documento utilizo o termo Roma para indicar tanto a Sagrada Congregação para a Doutrina da Fé, como o Santo Padre o Papa.

RomaArgumentos de Roma Liberdade de interrogarArgumentos opostos respeitantes à Tradição
Desde os primeiros séculos até hoje, a prática constante da Igreja foi a de não ordenar mulheres para o sacerdócio.
Textos de Roma!

A existência de um preconceito não invalida o facto de que esta prática faça parte da Tradição da Igreja.


Textos de Roma!

Nos primeiros tempos da Igreja, os ministérios exercidos pelas mulheres nada tinham a ver com a ordenação sacramental.
Textos de Roma!
  1. A prática da Igreja de não ordenar mulheres não se fundamenta na Escritura nem se baseia em nenhuma informação concreta. Resulta de um triplo preconceito arreigado nas autoridades da Igreja. A mulher seria: 2. No entanto, durante muitos séculos a Igreja admitiu a ordenação de mulheres, pois ordenava-as para o diaconado sacerdotal.

3. De uma Tradição ‘latente’ e ‘dinâmica’ decorre que seria possível ordenar mulheres, como já o demonstrou:
* a prática: algumas mulheres foram ordenadas sacerdotes;
* as funções exercidas por Maria, consideradas como ‘sacerdotais’;
* o facto de as mulheres terem ministrado o baptismo e presidido ao casamento;
* a consciência indefectível da igualdade dos homens e das mulheres ‘em Cristo’.
Os Padres da Igreja rejeitaram a ordenação das mulheres logo que a questão foi posta.

Textos de Roma!
  4. Os Padres da Igreja raramente falaram da ordenação das mulheres. Os que o fizeram foram vítimas dos seus preconceitos. A mesma objecção se aplica às primeiras ‘leis da Igreja’..
Na Idade Média, segundo a Teologia e o Direito canónico, as mulheres não podiam receber validamente a ordenação.


Textos de Roma!
  5. Desde a sua primeira codificação na Idade Média até hoje, o Direito canónico incorporou os preconceitos religiosos e sociais contra as mulheres.
6. Os teólogos medievais excluíram as mulheres do sacerdócio baseando-se em ideias filosóficas e sociais manifestamente inválidas.
Esta doutrina estava tão firmemente estabelecida que no decurso dos séculos seguintes a Igreja não teve de a defender publicamente.

Textos de Roma!
  7. Os teólogos pós-escolásticos aceitaram os antigos preconceitos sem proceder à sua crítica.
    Conclusão:a verdadeira Tradição da Igreja, latente e dinâmica, apoia a ordenação das mulheres.

Webmaster Magistério Escrituras Home Teologia Escreva!

Escreva! Carregue aqui, se deseja apoiar a nossa campanha a favor da ordenação das mulheres.
Credits for the music?

Traduzido por Idalina Vieira